28 de dezembro de 2017

Resenha | The girl from everywhere - O mapa do tempo

Nix faz parte da tripulação do Temptation, um navio que atravessa não só os mares, mas o tempo. Para isso, o capitão Slate, e também pai de Nix, só precisa de um mapa. Se for o mapa certo, pode levá-los a qualquer tempo e lugar. Ao longo dos anos a tripulação vai crescendo, pessoas que encontraram um lar a bordo do navio. Porém, Nix não sabe se este ainda é seu lar. 

O pai tem uma obsessão. Sua única missão na vida é encontrar um mapa de Honolulu em 1868, do ano em que Nix nasceu e a última vez que ele viu sua esposa. Ele está disposto a sacrificar qualquer coisa para encontrar esse mapa. A filha, obviamente não está tão feliz com isso. Ela não sabe o que pode acontecer a sua própria existência caso encontre um mapa que funcione, e Slate nunca está muito disposto a conversar sobre o assunto.
Com o mapa como objetivo, eles acabam se envolvendo com todo tipo de coisas perigosas, e as vezes essas coisas podem alterar o curso da história. Será que vale a pena correr todo esse risco por um mapa? 

A história fala sobre muitas coisas incríveis, mas o ponto principal para mim foi a família. Slate está preso ao passado, e constantemente arrisca a própria filha em missões, tudo em prol do seu bem estar futuro. Alega que sem ela não seria nada, já que é Nix que tem maior conhecimento de lendas e mitos, e quem encontra as coisas fantásticas que eles tem a bordo, além de entender melhor os mapas e conhecer seu valor. Mas parece que ele está disposto a arriscar essa filha incrível por mais uma chance de ter seu grande amor de volta. 
Apesar de ter amado tudo, gostaria que não tivesse existido o tal do triângulo amoroso. Entendo o motivo de ter sido necessário, mas preferia que a autora tivesse sido um pouco mais profunda no romance entre as duas pessoas que obviamente se gostavam. Senti vontade de ver o casal junto durante toda a história e houveram pouquíssimos momentos dos dois realmente juntos.

Acho que o que a história tem de mais incrível é o embasamento nos mitos e lendas. No final do livro, depois de finalizar essa história maravilhosa, a autora conta sobre inspiração real para os acontecimentos finais da história (não leia isso antes), e também fala das lendas que sobre os objetos mágicos que foram usados no decorrer do livro, o que torna tudo ainda mais real. Enquanto eu lia, era sobre essas coisas que eu mais me perguntava, se existiam, e realmente existiam. Finalizei o livro acreditando mais ainda em magia.

Autora: Heidi Heilig
Editora: Morro Branco
Onde comprar: Amazon | Saraiva


12 comentários:

  1. Que vontade de ler essa história e ter esse livro lindo em minha estante *O* não conhecia esse editora, vou pesquisar mais sobre... A história me atraiu muito, gosto de tudo que envolve viagem do tempo :D Gostei de sua escrita e suas belas fotos!
    Feliz 2018!!
    www.mandyline.com

    ResponderExcluir
  2. Só precisava ressaltar que foi graças a essa resenha que decidi incluir esse livro na minha tbr da maratona. Estou animada e com medo (#NãoVaiTerFlop). Tenho cinco livros para ler, será que do conta?! E o pior é que minha tbd tá toda bagunçada haha.

    Bom, sobre o livro, ele me deixa bem curiosa, pois eu amo esses assuntos de viagem no tempo, e parece ser tudo muito fantástico nessa história... aah, tô ansiosa!!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro e eu nem acredito nisso! Amei o enredo, mas devo admitir que desanimei um pouco da leitura quando você mencionou um triângulo amoroso - sinceramente, é um recurso narrativo que já me cansou um bocado.

    ResponderExcluir
  4. EU gosto muito desses livros de viagem no tempo, só acho que é um tema que precisa ser tratado com cuidado pelo autor(a) senão fica totalmente sem nexo/com falhas. gostei do enredo, mas tb não sou muito fã de triangulo amoroso, parece que fica tudo meio raso e igual, né?

    ResponderExcluir
  5. Eu quero ler esse livro mds, eu já tô apaixonada pela capa, e você ainda arrasa nas resenhas.
    http://atraspenteadeira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu quero ler esse livro mds, eu já tô apaixonada pela capa, e você ainda arrasa nas resenhas.
    http://atraspenteadeira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Isa, tudo bem? Primeiro queria dizer que a capa do livro já me chamou atenção. Quando olhei a primeira vez pensei em Peter Pan rs Navios, lendas, realmente é tudo muito mágico. Com relação ao enredo acredito que quando a história segue muito o que "esperamos" se torna massante algumas vezes. Então é bom ser surpreendida com acontecimentos diferentes. E esses mapas? Me fez pensar em HP e o mapa do maroto haha Essa edição está incrível. Um ótimo 2018 pra você! Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. Primeiro: que amor essas fotos!!! Segundo: não conhecia esse livro, parece muito interessante! Essa coisa de viajar no tempo me cativa muito, até assisti duas séries com isso!

    ResponderExcluir
  9. Eu já achava esse livro lindo (que capa, hein?) mas não dava muita bola por não ser tão fã de fantasia. Mas sua resenha me despertou muito a curiosidade em ler, pude ver que não é um livro "bobinho"

    beijos,
    blogmaisumgoledecafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ainda não tinha conhecimento do livro e me parece ser muito bom. Adorei o design do livro juntamente com a historia dele. E que show, moça! Acreditar em magia é muito bom, mesmo sabendo que a única magia que existe é a do amor <3

    ResponderExcluir
  11. Não tinha ouvido falar desse livro mas já me encantei, adoro mítico. Já está na minha lista de próximas leituras.
    Ótimo post. Bjss

    ResponderExcluir
  12. Apenas encantada *-*
    Tô conhecendo agora e me parece um daqueles livros onde é possível se perder na imaginação. Já tô querendo, principalmente por conta das ilustrações dos mapas e da capa ♡

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo